Última Edição

Apresentação

O “Macau - Livro do Ano” tem vindo a ser publicado pelo Gabinete de Comunicação Social da RAEM desde 2002. Como registo sistematizado do desenvolvimento político-económico e sociocultural do território, a publicação tem disponibilizado ao longo das suas páginas dados e informação variada para todos quantos desejam estudar e compreender melhor Macau.


O “Macau - Livro do Ano” está dividido em quatro secções: prioridades da acção governativa da RAEM; cronologia dos acontecimentos mais relevantes; apresentação geral da RAEM; e apêndices com informação útil e dados estatísticos.


A apresentação geral da RAEM foca a sua atenção sobre os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano nas áreas administrativa, legislativa e judicial.


Os quinze capítulos que estruturam a apresentação genérica cobrem as seguintes áreas: sistema político e administração; ordenamento jurídico e sistema judicial; relações externas; economia; turismo; ordem pública; educação; cultura e desporto; saúde pública e assistência social; comunicação social, telecomunicações e tecnologia da informação; solos, infraestruturas, habitação e entidades públicas; transportes; geografia e população; religiões e hábitos; e história.


Os apêndices, da última parte do “Macau - Livro do Ano”, providenciam, entre outra, informação sobre os principais titulares dos cargos públicos da RAEM; os membros do Conselho Executivo e da Assembleia Legislativa; o directório dos serviços do Governo; as representações da Direcção dos Serviços de Turismo no exterior; os países com jurisdição consular na RAEM; as isenções de vistos para os portadores de documentos de viagem da RAEM; os países e territórios a quem a RAEM isenta de vistos de entrada; os tratados internacionalmente em vigor na RAEM; a lista das condecorações, medalhas e certificados de mérito conferidos pela RAEM, e os mais importantes dados estatísticos sobre a RAEM.


A maior parte dos dados estatísticos citados no “Macau - Livro do Ano”, provêm da Direcção dos Serviços de Estatística e Censos e de outros departamentos do Governo. Na sua generalidade os números correspondem aos dados registados no final do ano passado, embora alguns, pelo seu interesse, estejam actualizados de forma a imprimir maior actualidade aos dados fornecidos.


O “Macau - Livro do Ano” publica-se em três línguas - chinês, português e inglês -, sendo as versões portuguesa e inglesa traduzidas e editadas a partir do original em língua chinesa.